Os cortes mais importantes

Corte Lombo

Recomenda-se este corte para a parte do lombo alto e a ventrecha. Para obter uma peça de uma ração aprox. de 150/200gr fazemos um corte transversal com uma grossura de 2-3 dedos. Este corte se pode cozinhar com pele se antes eliminamos bem as escamas. Se este não é o caso, eliminamos a pele.

Corte Borboleta

Recomenda-se este corte para a parte de lombo alto e a ventrecha da peça. Cortamos uma peça de lombo de salmão. Realizamos cortes transversais em dobro da largura desejada. Sem chegar a cortar a pele, fazemos uma inserção pela metade transversalmente. Utilizando a pele como elemento de união “abrimos” e formamos a borboleta.

Conselhos para cortes que requerem que se elimine a pele:  

Molhar a faca para que não se pegue a faca ao separar a pele da carne.

Não cortamos com a faca senão que tiramos da pele deixando a faca fixa.

 

Corte Filete

Recomenda-se este corte para o centro da peça e o rabo.

Este corte transversal se realiza sempre sem pele. Realizamos o corte pela metade para filetear em 2-3 partes, de acordo com a grossura da peça.

Corte Cubos

Recomenda-se este corte para o centro da peça e o rabo. Realizamos cortes transversais, para conseguir tiras de salmão.  Cortar  as referidas tiras em cubos, dados ou ao tamanho desejado.

Corte picado

Dica: Para aproveitar a carne que fica entre as espinhas, da espinha central, raspamos com uma colher retirando a carne. Também podemos picar a carne em pedaços menores.



Ver más